Arquivo da tag: Curiosidade

Fotos mostram barriga da mãe dos óctuplos oito dias antes do parto

Filhos de Nadya Suleman nasceram em 26 de janeiro na Califórnia.
Imagens foram publicadas por um site americano de entretenimento.

Reprodução/Arte G1

Nadya Suleman, mãe dos óctuplos nascidos no último dia 26 na Califórnia, mostra sua barriga em fotos tiradas oito dias antes do parto. A foto foi mostrada pela site norte-americano de entretenimento TMZ. (Foto: Reprodução/Arte G1)

Fonte: G1

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Curiosidades, Notícias

Química, cor e arte (?)

Estamos em época de Prêmio Nobel, os ganhadores do prêmio de Química podem ser considerados um pouco artistas, depende do ponto de vista. A pesquisa deles envolvia o isolamento de uma proteína verde fluorescente que fez os bichinhos abaixo ficarem dessa cor.

Na verdade, a idéia é modificar geneticamente os seres vivos ou células para que eles produzam essa proteína fluorescente. Usando cores, fica mais fácil observar o funcionamento das células. É quase um novo tipo de microscópio biológico.

A primeira coisa que pensei foi “bizarro”. No entanto, as a aplicações práticas talvez justifiquem esse trabalho: se os cientistas observarem genes (modificados para produzir a proteína fluorescente) envolvidos em metástases tumorais ou funções cerebrais pode ficar mais fácil compreender esses fenômenos. Leia mais no site da Revista Wired.

Você acha justo utilizarem os animais para esses fins? E na arte?

agua viva

Os ganhadores do prêmio primeiro isolaram o gene produtor da proteína fluorescente dessa água-viva.

ratos

Esses ratinhos foram produzidos em 1997 e utilizados para estudos de desenvolvimento fetal.

conexoes cerebrais

Depois do trabalho com a cor verde, os cientistas puderam genes de várias cores e rastrear várias proteínas de uma vez.

porco

Esses porquinhos não foram modificados geneticamente, eles herdaram as mudanças da mãe.

gato

Esse gato que fica vermelho na luz ultravioleta foi criado ano passado por cientistas sul coreanos.

coelho

Alguns artistas piraram nessa técnica, esse coelho é uma “obra” de biotech art que ficou famosa em 2000.

girino

Esse girino também é obra de artista.

peixes

Esses peixes modificados já são vendidos nos Estados Unidos.

Fonte: Blog do Galileu

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Tecnologia

Público obriga apresentador de TV a tirar bigode no intervalo de programa

‘Minha mulher disse que eu ficava mais bonito’, disse Rikard Palm, do canal sueco SVT.
Ele foi reprovado pela audiência e retomou o visual original durante o intervalo.

Reprodução

Antes de depois: o âncora Rikard Palm abandonou no intervalo o visual cultivado nas férias
(Foto: Reprodução)

O novo visual de Rikard Palm, apresentador do programa de notícias Rapport, no canal sueco SVT, durou pouco mais de uma hora em rede nacional.

O âncora, de 47 anos, voltava de férias com uma novidade: bigode. “Deixei o bigode crescer antes de voltar ao trabalho por que minha mulher disse que eu ficava mais bonito”, disse Rikard ao site “Aftonbladet.se”.

Mas a audiência, chocada, não concordou com a senhora Palm e fez valer seu direito de interferir na programação do canal público.

Segundo o site “Cadenaser.com”, os telespectadores começaram a telefonar para o canal, exigindo que Rikard retomasse o visual antigo.

“Os telefones não paravam de tocar. Todos estavam muito chateados”, disse Rikard.

O âncora começou a apresentar o programa no final de semana às 18h locais e, às 19h30, já havia abandonado o novo visual.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Notícias

Formigas ‘loucas’ invadem computadores no Texas

Elas se movimentam de forma desorganizada e foram vistas na região pela 1ª vez em 2002. ‘Invencíveis’, esses insetos são atraídos por aparelhos eletrônicos.

AP

Tom Rasberry, o exterminador que deu origem ao nome da formiga, deixa que elas subam em seu braço. (Foto: AP)


Um grupo de formigas que aparentemente chegou ao Texas (EUA) em um navio cargueiro se espalhou pelas casas e escritórios de Houston, comprometendo o funcionamento de computadores. Além de se alimentar de plantas e outros insetos, como joaninhas, essa espécie morde humanos e é atraída por equipamentos elétricos, por um motivo que os cientistas ainda desconhecem.

Essas formigas do gênero Paratrechina são chamadas de crazy rasberry – “crazy” (louca) por não andarem em filas e “rasberry” em homenagem a Tom Rasberry, um exterminador que travou uma batalha contra elas. Como têm esse gosto exótico para formigas, elas já fizeram alarmes de incêndio disparar, invadiram um medidor de gás doméstico e também bombas usadas no esgoto. Os insetos “loucos” já foram encontradas no centro Johnson Space, da Nasa, e perto do aeroporto Hobby, mas não causaram danos nesses locais.

“Elas são criaturas muito pequenas, do tamanho de pulgas, e estão em todos os lugares. Há milhares e milhares delas. Se você já viu uma corrida de carro, pode imaginar como elas são. Elas caminham rápido, rápido, rápido. São loucas”, afirmou Patsy Morphew, de Pearland, que constantemente varre as crazy rasberry do quintal e as remove de sua piscina.

Elas se espalharam por cinco regiões de Houston desde a primeira vez que foram vistas no Texas, em 2002. Os cientistas não sabem dizer de onde elas vieram, mas suas primas – as chamadas “formigas loucas” – são encontradas na região do Caribe. “Seria praticamente impossível erradicá-las, pois elas já estão muito espalhadas”, afirmou Roger Gold, entomologista (especialista em insetos) da Universidade Texas A&M.

Os exterminadores de insetos dizem que as “vítimas” – estejam elas em residências ou empresas ficam frustrados – ficam frustradas, pelo fato de as formigas serem resistentes a inseticidas. “A população cresceu de maneira tão intensa que produtos esses produtos simplesmente não fazem efeito”, afirmou Jason Meyers, estudante de doutorado dessa mesma universidade, que está escrevendo uma dissertação sobre essas formigas.

E quando se trata das crazy rasberry, não basta matar a rainha. Especialistas afirmam que cada colônia têm várias dessas líderes, que precisam ser eliminadas. Quando os exterminadores conseguem matá-las, as sobreviventes ainda tiram vantagem da situação, empilhando as formigas mortas e criando uma “ponte” para atravessarem superfícies com pesticida. O departamento de agricultura do Texas trabalha junto à Universidade Texas A&M para encontrar maneiras de deter esses insetos.

Fonte:G1

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Notícias