Arquivo da tag: Banda

Música inédita de Michael Jackson vaza na internet

A música A Place With No Name é uma versão da música A Horse With No Name do grupo britânico America, foi gravada em 1998 e apenas 30 segundos da mesma tinha vazado na internet em 2009. A música foi produzida pelo produtor Dr. Freeze e o mesmo informou que a música entrará para o próximo álbum de inéditas do astro mas em uma versão diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

dezembro 3, 2013 · 12:40 pm

Warner e YouTube não chegam a acordo, e Madonna segue fora do site de vídeos

Clipes de artistas da gravadora foram retirados do ar em dezembro.
Já Universal Music fez parceria que inclui até plano de site exclusivo.

Madonna durante show no Rio de Janeiro, em dezembro de 2008. (Foto: Antonio Scorza / AFP)

A Warner Music, terceira maior gravadora do mundo, ainda está em processo de negociação com o site de vídeos YouTube para licenciar clipes de seus artistas, apesar de todas as outras grandes gravadoras já terem renovado seus contratos.

A EMI Music, a menor das quatro grandes gravadoras, renovou discretamente seu contrato com o YouTube em fevereiro, logo depois da Sony Music Entertainment e à frente da Universal Music Group, unidade da Vivendi.

Além de renovar seu contrato com o site de compartilhamento de vídeo, a Universal Music anunciou planos mais amplos de fechar uma parceria com o YouTube para a criação de um site exclusivo para videoclipes chamado Vevo, que deve ser lançado ainda este ano.

Já a Warner Music, que, ironicamente, foi a primeira grande gravadora a fechar um acordo com o YouTube, está agora sozinha na sua demora para renovar a parceria com o site.

Clipes de artistas da Warner, como Madonna e Green Day, foram retirados do youTube em dezembro último após tentativas frustradas de ambos os lados para chegar a um acordo sobre os termos financeiros das licenças de direitos autorais.

Duas fontes próximas às duas companhias afirmaram que, enquanto as negociações continuam em andamento, não há expectativa iminente de pronunciamento de ambas as partes.

Como presidente-executivo da única empresa de capital aberto entre as grandes gravadoras, a Warner Music, Edgar Bronfman tem grande interesse em conseguir melhores condições no acordo com o YouTube. Ele também enfrenta um momento especialmente difícil no mercado de música, que tem sofrido com a queda nas vendas de CDs e com a lentidão no crescimento das vendas de música digital.

Siga pelo Twitter



Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento, Música, Notícias

Novidades no blog Written World

Written World


Written World agora no Twitter e Orkut

O blog The Written World tem 2 novidades para todos os internautas que visitam a página, agora todos poderam acompanhar o blog pelo Twitter, o microblog de maior sucesso da internet, e também pela comunidade no orkut, onde poderam sugerir matérias a serem postadas, além de críticas e sugestões,lembrando que nessa última semana estamos enfatizando todas as notícias relacionadas a morte do Rei do Pop Michael Jackson.
Twitter:
http://twitter.com/writtenworld

Comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=91680445

Espero a participação de todos vocês 😉

2 Comentários

Arquivado em Carro, Moto & Cia, Curiosidades, Entretenimento, Esportes, Música, Notícias, Tecnologia

David Bowie lidera lista dos 100 álbuns ‘mais gays de todos os tempos’

Ranking foi elaborado por revista americana.
Beatles, Björk e Smiths estão na relação.

Reprodução /Reprodução

O álbum “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars”, de David Bowie, lidera a lista dos “mais gays”. (Foto: Divulgação)

Nada de Village People, Gloria Gaynor ou George Michael. O autor do álbum “mais gay de todos os tempos” é David Bowie e o clássico “The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars”, de 1972.

A opinião é do júri convidado pela revista americana “Out” – direcionada para o segmento homossexual – formado por mais de 100 especialistas no assunto, entre eles os cantores Boy George, Cyndi Lauper e Rufus Wainwright. A lista é composta por 100 álbuns da música pop e cada um dos jurados levou em conta um critério pessoal para a escolha.

Veja também:

‘Dancin’ Queen’ do ABBA é a canção mais gay da história

O cantor Boy George, que esta semana se apresentou em São Paulo, foi um dos que elegeu o famoso álbum de Bowie como o “mais gay”. “Num tempo em que tabus sociais e sexuais estavam sendo quebrados, Bowie, como o personagem Ziggy Stardust, criou um mundo onde as possibilidades eram infinitas: você podia ser quem quisesse”, explicou o artista.

Já Perez Hilton, blogueiro que ganhou fama nos Estados Unidos falando com irreverência sobre o mundo das celebridades, votou no disco “The Immaculate Collection”, de Madonna, lançado em 1990. “Esse disco é tão gay quanto a bandeira do arco-íris”, comparou.

As medalhas de prata e de bronze da lista foram respectivamente para os discos “The Smiths” (1984) e “Tracy Chapman” (1988).

Veja o ranking completo:

1. David Bowie, “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars” (1972)
2. The Smiths, “The Smiths” (1984)
3. Tracy Chapman, “Tracy Chapman”, (1988)
4. Indigo Girls, “Indigo Girls” (1989)
5. Judy Garland, “Judy at Carnegie Hall” (1961)
6. The Smiths, “The Queen is Dead” (1986)
7. Elton John, “Goodbye Yellow Brick Road” (1973)
8. Madonna, “The Immaculate Collection” (1990)
9. Cyndi Lauper, “She’s So Unusual” (1983)
10. Antony and the Johnsons, “I Am A Bird Now” (2005)
11.Coletânea “Hedwig and the Angry Inch” (2001)
12. The Velvet Underground & Nico, “The Velvet Underground & Nico” (1967)
13. Ani DiFranco, “Dilate” (1996)

Reprodução /Reprodução

Musa gay, Cher aparece na lista com o álbum “Believe”. (Foto: Reprodução)

14. Erasure, “The Innocents” (1988) 15. George Michael, “Faith” (1987)
16. Queen, “A Night at the Opera” (1975)
17. Lou Reed, “Transformer” (1972) 18. George Michael, “Listen Without Prejudice, Vol. I” (1990)
19. The B-52s, “The B-52’s” (1979)
20. Queen, “A Day at the Races” (1976)
21. David Bowie, “Hunky Dory” (1971)
22. The Gossip, “Standing in the Way of Control” (2006)
23. Deee-Lite, “World Clique” (1990)
24. Sylvester, “Living Proof” (1979)
25. k.d. lang, “Ingénue” (1992)
26. Scissor Sisters, “Scissor Sisters” (2004)
27. Eurythmics, “Sweet Dreams (Are Made of This)” (1983)
28. Queen, “The Game” (1980)
29. Pet Shop Boys, “Actually” (1987)
30. Diana Ross, “Diana” (1980)
31. Sarah McLachlan, “Fumbling Towards Ecstacy” (1993)
32. The Smiths, “Meat Is Murder” (1985)
33. The Smiths, “Hatful of Hollow” (1984)
34. Donna Summer, “Bad Girls” (1979)
35. Yaz, “Upstairs at Eric’s” (1982)
36. Madonna, “Erotica” (1992)
37. Blondie, “Parallel Lines” (1978)
38. Dusty Springfield, “Dusty in Memphis” (1969)
39. Laura Nyro and Labelle, “Gonna Take A Miracle” (1971)
40. Pet Shop Boys, “Behavior”, (1990)
41. Melissa Etheridge, “Yes I Am” (1993)
42. ABBA, “Gold” (1992)
43. Prince, “Purple Rain” (1984)
44. Pet Shop Boys, “Very” (1993)
45.Bikini Kill, “Pussy Whipped” (1993)
46. Madonna, “Ray of Light” (1998)
47. The Magnetic Fields, “69 Love Songs” (1999)
48. Cris Williamson, “The Changer and the Changed” (1975)

Reprodução /Reprodução

O cultuado “The Velvet Underground & Nico” também apareceu na lista. (Foto: Reprodução)

49. Patti Smith, “Horses” (1975)
50. Rufus Wainwright, “Poses” (2001)
51. Frankie Goes to Hollywood, “Welcome to the Pleasuredome” (1984)
52. Kate Bush, “Hounds of Love” (1985)
53. Culture Club, “Colour by Numbers” (1983)
54. Tori Amos, “Little Earthquakes” (1992)
55. David Bowie, “Diamond Dogs” (1974)
56. Team Dresch, “Personal Best” (1994)
57. Prince, “Dirty Mind” (1980)
58. Liz Phair, “Exile in Guyville” (1993)
59. Bronski Beat, “The Age of Consent” (1984)
60. R.E.M., “Automatic for the People” (1992)
61. Sleater-Kinney, “Dig Me Out”, (1997)
62. Jeff Buckley, “Grace” (1994)
63. Björk, “Debut” (1993)
64. Patti Smith, “Easter” (1978)
65. Le Tigre, “Le Tigre” (1999)
66. Soft Cell, “Non-Stop Erotic Cabaret” (1981)
67. Hüsker Dü, “Candy Apple Grey” (1986)
68. Nirvana, “Nevermind” (1991)
69. Frances Faye, “Caught in the Act” (1959)
70. Coletânea do espetáculo “Rent”, (1996)
71. Elton John, “Captain Fantastic and the Brown Dirt Cowboy” (1975)
72. Donna Summer, “Once Upon a Time” (1977)
73. Coletânea, “Fame soundtrack” (1980)
74. Michael Jackson, “Off the Wall” (1979)
75. Carole King, “Tapestry” (1971)
76. Ani DiFranco, “Imperfectly” (1992)
77. New Order, “Substance” (1987)
78. Coletânea “The Rocky Horror Picture Show” (1975)
79. T. Rex, “Electric Warrior” (1971)
80. Rufus Wainwright, “Want One” (2003)
81. Scissor Sisters, “Ta-Dah” (2006)
82. Cher, “Believe” (1998)
83. Bette Midler, “The Divine Miss M” (1972)
84. Cyndi Lauper, “True Colors” (1986)
85. Nina Simone, “Anthology” (2003)

Reprodução /Reprodução

Culture Club, com “Kissing to Be Clever”, foi o 95º colocado da lista. (Foto: Reprodução)

86. Madonna, “Madonna” (1983)
87. Madonna , “Confessions on a Dance Floor” (2005)
88. Hüsker Dü, “Zen Arcade” (1984)
89. Fifth Column, “To Sir With Hate” (1986)
90. Kate Bush, “The Kick Inside” (1978)
91. Grace Jones, “Nightclubbing” (1981)
92. Morrissey, “Viva Hate” (1988)
93. Sade, “Lovers Rock” (2000)
94. Coletânea do espetáculo “Hair”, (1968)
95. Culture Club, “Kissing to Be Clever” (1982)
96. Nick Drake, “Bryter Layter” (1970)
97. Janis Ian, “Between the Lines” (1975)
98. Ferron, “Testimony” (1980)
99. Joni Mitchell, “For the Roses” (1972)
100. The Beatles, “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (1967)

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Música

ABBA faz história e lidera paradas britânicas com álbum de 1992

Feito marca a primeira vez que um disco chega ao topo após intervalo tão longo.
Grupo sueco voltou a fazer sucesso após a versão em filme do musical ‘Mamma Mia!’.

Divulgação

O grupo sueco ABBA. (Foto: Divulgação)


O grupo sueco ABBA fez história nas paradas britânicas depois que o álbum “Gold – Greatest hits” tornou-se o mais antigo a alcançar a primeira posição, informou neste domingo (3) a Official UK Charts Company.

Lançado em 1992, a compilação de músicas já havia liderado as paradas em quatro outras ocasiões, mas o feito deste domingo marca a primeira vez que um álbum chega ao topo após intervalo tão longo.

O grupo sueco tem experimentado novamente o sucesso após a versão em filme do musical “Mamma Mia!”, que teve a trilha sonora no topo das paradas há duas semanas.

Com as vendas mundiais chegando a 26 milhões de unidades, “Gold” tornou-se um dos 40 discos mais vendidos de todos os tempos. Somando-se todos os seus discos, o ABBA já vendeu mais de 350 milhões de unidades em todo o mundo.

Atualmente, o grupo ainda vende 3 milhões de discos por ano.

O sucesso do ABBA fez o álbum “Viva la vida or death and all his friends”, do Coldplay, cair para a segunda posição, com “Rockferry”, da cantora britânica Duffy, em terceiro.

Entre os dez álbuns mais vendidos não há nenhum lançamento. “Rock ‘n’ roll Jesus”, de Kid Rock, impressionou ao subir 141 posições e ficar em quarto na lista.

O norte-americano foi ainda melhor na parada, com “All summer long” alcançando a primeira posição e jogando para o segundo lugar “Dance wiv me”, do rapper Dizzee Rascal.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Música

Abaixo-assinado na internet quer Bono longe das ações solidárias

Autor defende que Bono deixe de promover ‘iniciativas filantrópicas mal conduzidas’.
Petição angariou até agora US$ 400, que só serão doados se Bono desistir da vida pública.

Reuters

Bono (à esquerda) com The Edge. (Foto: Reuters)

Um abaixo-assinado na internet quer que o vocalista do U2 deixe de participar de ações solidárias. Publicado no endereço thepoint.com, o manifesto defende “Afastar Bono da vida pública (para que ele deixe de promover iniciativas filantrópicas mal conduzidas e contraproducentes)”.

Os signatários devem fazer pressão contribuindo para um fundo de caridade. O criador do manifesto diz que o dinheiro só será doado se Bono abandonar a vida pública de vez. Até agora, o site angariou cerca de US$ 400.

“Vamos contribuir com o fundo global para Aids, tuberculose e malária”, diz o autor. “Mas só pagaremos se atingirmos nosso objetivo.”

Bono encabeça iniciativas como a marca RED, acusada de monopolizar recursos.

No momento, o U2 está finalizando seu próximo álbum de músicas inéditas, sucessor de “How to dismantle an atomic bomb”, de 2004.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Música

Nickelback entra na mira da Live Nation e fecha contrato milionário

Grana pouca é bobagem com a Live Nation
Grana pouca é bobagem com a Live Nation

Após esbanjar grana fechando contrato com Madonna, Jay-Z, Shakira e U2, a produtora Live Nation agora assinou contrato com o Nickelback.

De acordo com a revista Rolling Stone, foram mais de US$ 50 milhões negociados entre a banda e a empresa. O contrato inclui o lançamento de três álbuns e mais três turnês mundiais.

Antes de começar a trabalhar pela Live Nation, o Nickelback precisa ainda lançar outros dois álbuns com a atual gravadora, Roadrunner Records, para cumprir contrato.

Fonte: Cifraclub

Deixe um comentário

Arquivado em Música