Internautas de todo mundo registram chuva de meteoros


Esta noite choveram estrelas

Na verdade, era um rasto de poeira libertado pelo cometa Swift-Tuttle. Um fenómeno observável apenas a cada 133 anos



Choveram estrelas no céu de várias partes do Mundo esta noite. Na verdade, foram meteoros de Perseidas, que foram libertados. O fenómeno viu-se melhor em países como Inglaterra, Áustria, Espanha, Macedônia, México e Estados Unidos.

Os astrónomos previam que o fenómeno fosse melhor observável no hemisfério norte. O tempo ajudou, com o céu sem nuvens e, em vários países, foi mesmo possível observar a chuva de estrelas a olho nu, sem recurso a qualquer tipo de binóculos ou telescópios.

A chuva acontece a cada 133 anos, quando rastros do cometa Swift-Tuttle são vistos da Terra.

https://i0.wp.com/portalexame.abril.com.br/imagem/chuva-meteoro-reway2007-600.jpg

Reway2007/Flickr

Foto do internauta Reway2007, feita na cidade de Gloucester, na Inglaterra

Gloucester, Inglaterra

Chuva de meteoros Perseids pode ser observada anualmente da Terra. O fenômeno pôde ser melhor observado a partir de países do Hemisfério Norte. “Gastei horas sentado no telhado com minha câmera. Vi montes e montes de meteoros sem conseguir fotografá-los. Mas então tive sorte com essa tomada”, escreveu o usuário Reway2007, da Inglaterra, em sua página no Flickr.

https://i2.wp.com/portalexame.abril.com.br/imagem/chuva-meteoro-bulliver-600.jpg

Darren Kirby/Flickr

Foto do internauta canadense Darren Kirby

Penticton, British Columbia, Canadá

Darren Kirb, do Canadá, usou uma Nikon D90, com tempo de exposição de 26 minutos. O único meteoro que conseguiu capturar está no canto direito da imagem.

Fonte: Portal Exame, IOL Diário

Gloucester, Inglaterra

Reway2007/Flickr

Foto do internauta Reway2007, feita na cidade de Gloucester, na Inglaterra

Gloucester, Inglaterra

Chuva de meteoros Perseids pode ser observada anualmente da Terra. O fenômeno pôde ser melhor observado a partir de países do Hemisfério Norte. “Gastei horas sentado no telhado com minha câmera. Vi montes e montes de meteoros sem conseguir fotografá-los. Mas então tive sorte com essa tomada”, escreveu o usuário Reway2007, da Inglaterra, em sua página no Flickr.

Penticton, British Columbia, Canadá

Darren Kirby/Flickr

Foto do internauta canadense Darren Kirby

Penticton, British Columbia, Canadá

Darren Kirb, do Canadá, usou uma Nikon D90, com tempo de exposição de 26 minutos. O único meteoro que conseguiu capturar está no canto direito da imagem.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s