Arquivo do dia: julho 21, 2009

Warner e YouTube não chegam a acordo, e Madonna segue fora do site de vídeos

Clipes de artistas da gravadora foram retirados do ar em dezembro.
Já Universal Music fez parceria que inclui até plano de site exclusivo.

Madonna durante show no Rio de Janeiro, em dezembro de 2008. (Foto: Antonio Scorza / AFP)

A Warner Music, terceira maior gravadora do mundo, ainda está em processo de negociação com o site de vídeos YouTube para licenciar clipes de seus artistas, apesar de todas as outras grandes gravadoras já terem renovado seus contratos.

A EMI Music, a menor das quatro grandes gravadoras, renovou discretamente seu contrato com o YouTube em fevereiro, logo depois da Sony Music Entertainment e à frente da Universal Music Group, unidade da Vivendi.

Além de renovar seu contrato com o site de compartilhamento de vídeo, a Universal Music anunciou planos mais amplos de fechar uma parceria com o YouTube para a criação de um site exclusivo para videoclipes chamado Vevo, que deve ser lançado ainda este ano.

Já a Warner Music, que, ironicamente, foi a primeira grande gravadora a fechar um acordo com o YouTube, está agora sozinha na sua demora para renovar a parceria com o site.

Clipes de artistas da Warner, como Madonna e Green Day, foram retirados do youTube em dezembro último após tentativas frustradas de ambos os lados para chegar a um acordo sobre os termos financeiros das licenças de direitos autorais.

Duas fontes próximas às duas companhias afirmaram que, enquanto as negociações continuam em andamento, não há expectativa iminente de pronunciamento de ambas as partes.

Como presidente-executivo da única empresa de capital aberto entre as grandes gravadoras, a Warner Music, Edgar Bronfman tem grande interesse em conseguir melhores condições no acordo com o YouTube. Ele também enfrenta um momento especialmente difícil no mercado de música, que tem sofrido com a queda nas vendas de CDs e com a lentidão no crescimento das vendas de música digital.

Siga pelo Twitter



Fonte: G1

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento, Música, Notícias

Em entrevista, pai de Michael Jackson diz nunca ter batido no filho

Joe Jackson participou do programa de Larry King na CNN.
Pai do cantor diz que considera médico culpado pela morte do filho.

Joe Jackson (à direita) em entrevista para a CNN. (Foto: AP)

Em entrevista ao programa do jornalista Larry King, na rede de TV norte-americana CNN na noite desta segunda-feira (20), Joe Jackson, pai e ex-empresário do cantor Michael Jackson, diz que nunca bateu no seu filho e que não cometeu nenhum erro quando estava criando ele e seus irmãos.
“Nunca (o agredi), nunca. Eu o eduquei como todos os pais criam seus filhos. Mas pelo que eu iria agredir Michael? Nunca existiu razão para isso. É o meu filho. Eu o amava e ainda o amo”, disse Joe. “Ele cresceu da forma certa, ele não corria pelas ruas como todas as outras crianças do bairro”.

Joe, que ficou fora do testamento do Rei do Pop, acredita que a morte de Michael foi causada por algum erro médico por parte do doutor Conrad Murray, que estava com o cantor no momento da sua morte, no dia 25 de junho.

“O médico deu algo para que ele relaxasse, e ele não acordou nunca mais. Tem algo de errado aí”, afirma Joe. “Esse médico fugiu, demoraram três dias para achá-lo. Para mim, foi um erro médico”.

A família está esperando os resultados de um exame toxicológico para determinar a causa da morte do cantor. Os resultados devem ser apresentados na próxima semana.

Joe diz que não sabe o paradeiro do corpo de Michael – fontes afirmam que o cantor ainda não teria sido enterrado. “Você teria que perguntar a alguém que saiba sobre isso”, disse, ao ser indagado sobre o corpo. “Eu não sei”.

Siga pelo Twitter



Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento, Música, Notícias

Divulgada imagem do possível túmulo de Michael Jackson

Divulgada imagem do possível túmulo de Michael Jackson
Reprodução
Nesta sexta-feira (17), o jornal britânico “Daily Mail” publicou imagens do túmulo que poderia estar abrigando o corpo de Michael Jackson.
O jazigo refrigerado fica no cemitério de Forest Lawn (em Hollywood) e pertence à Berry Gordy, fundador da gravadora Motown.
De acordo com a pulicação, Jackson ainda não foi definitivamente enterrado pois as investigações sobre sua morte continuam em andamento. A hipótese de homicídio não é descartada pelas autoridades norte-americanas e o médico que prescrevia fortes sedativos ao cantor, Conrad Murray, está sendo investigado.

Siga pelo Twitter



Fonte: Msn.Entretenimento

1 comentário

Arquivado em Entretenimento, Música, Notícias