Médico de Michael Jackson se recusa a falar com a polícia


Dr. Murray é considerado o principal suspeito no caso da morte do cantor

AP /Agência

Conrad Robert Murray se recusou a falar com a polícia (foto de arquivo)

O médico de Michael Jackson, Dr.Conrad Murray, se recusou a falar com a polícia de Los Angeles nesta semana. Segundo o site TMZ, os policiais tinham agendado uma terceira entrevista com o médico- a primeira aconteceu no dia em que o cantor faleceu e a segunda dois dias depois- mas o advogado de Murray,  Edward Chernoff, disse aos investigadores que ele não iria mais falar sobre o caso.

A polícia de Los Angeles está  considerando a morte de Michael Jackson como homícidio. Murray é considerado o principal suspeito no caso porque teria injetado Propofol no cantor.  O anestésico seria a causa da parada cardíaca que levou Jackson a morte no dia 25 de junho.

Siga pelo Twitter



Fonte: EGO

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento, Música, Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s