Arquivo do mês: julho 2008

Inventor americano apresenta ‘foguete particular’ de US$ 100 mil

Com duas turbinas, equipamento é capaz de atingir 2.400 metros de altura.
‘Foguete’ tem autonomia para 30 minutos de vôo.

Andy Manis/The New York Times

Piloto apresenta o Martin Jetpack, máquina para vôo individual dotada de duas turbinas, motor de quatro cilindros em V e capaz de voar por 30 minutos a 2.400 metros de altura. (Foto: Andy Manis/The New York Times)

Andy Manis/The New York Times

O inventor Glenn Martin posa com o veículo, que será vendido por US$ 100 mil – ou cerca de R$ 160 mil – nos EUA. (Foto: Andy Manis/The New York Times)
Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia

Público obriga apresentador de TV a tirar bigode no intervalo de programa

‘Minha mulher disse que eu ficava mais bonito’, disse Rikard Palm, do canal sueco SVT.
Ele foi reprovado pela audiência e retomou o visual original durante o intervalo.

Reprodução

Antes de depois: o âncora Rikard Palm abandonou no intervalo o visual cultivado nas férias
(Foto: Reprodução)

O novo visual de Rikard Palm, apresentador do programa de notícias Rapport, no canal sueco SVT, durou pouco mais de uma hora em rede nacional.

O âncora, de 47 anos, voltava de férias com uma novidade: bigode. “Deixei o bigode crescer antes de voltar ao trabalho por que minha mulher disse que eu ficava mais bonito”, disse Rikard ao site “Aftonbladet.se”.

Mas a audiência, chocada, não concordou com a senhora Palm e fez valer seu direito de interferir na programação do canal público.

Segundo o site “Cadenaser.com”, os telespectadores começaram a telefonar para o canal, exigindo que Rikard retomasse o visual antigo.

“Os telefones não paravam de tocar. Todos estavam muito chateados”, disse Rikard.

O âncora começou a apresentar o programa no final de semana às 18h locais e, às 19h30, já havia abandonado o novo visual.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Notícias

Com Jack Black, ‘Escola de rock’ terá continuação

No novo filme, o professor Dewey Finn mostrará as raízes do rock’n roll.
Primeiro longa rendeu US$ 131 milhões em bilheteria ao redor do mundo.

Divulgação

Jack Black em cena de ‘Escola do rock’, que ganhará continuação (Foto: Divulgação)

Está sendo desenvolvida a seqüência de “Escola de rock”, filme protagonizado por Jack Black, no qual ele interpreta um músico que sonha em se tornar estrela do rock e vira professor substituto em uma escola. As informações são da “Variety”, publicação especializada em cinema.

Richard Linklater, que já dirigiu o primeiro longa, deve repetir a função. O roteiro, de Mike White, é intitulado “School of rock 2: America rocks”.

A produção mostrará o professor Dewey Finn liderando um grupo de estudantes de um curso de verão em uma viagem pelos Estados Unidos. Juntos, eles mergulharão na história do rock’n roll e explorarão as raízes do blues, do rap e de outros gêneros musicais.

O primeiro filme da série foi muito bem de bilheteria, tendo rendido US$ 131 milhões no mundo todo, quando custou apenas US$ 30 milhões para ser feito.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento

Autoridades da Rússia pretendem proibir estilo emo através de lei

Ser emo pode se tornar algo ilegal na Rússia
Ser emo pode se tornar algo ilegal na Rússia

O polêmico estilo emo pode ser tratado como algo ilegal por causa de uma nova lei na Rússia.

Segundo o site NME, a legislação do país pretende regular sites sobre assuntos emo e também proibir o uso roupas de tal estilo em escolas e prédios públicos.

As autoridades russas definem os emos como adolescentes que se vestem de preto, usam piercings no rosto e “franjas que cobrem metade do rosto”, de acordo com o jornal The Guardian.

A elaboração da lei foi motivada pelo receio de problemas futuros provocados pelo “modo de vida” da tribo, que geralmente é associada à pensamentos depressivos e até mesmo suicidas.

A discussão da lei já gerou vários protestos, comandados pelos jovens, no país no último final de semana, segundo o NME.

Fonte: Cifra Club

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Chevrolet apresenta o esportivo Camaro

Com direção hidráulica, novo modelo roda cerca de 11 km/l.
Ele deve começar a ser vendido no primeiro trimestre de 2009.

Divulgação

Camaro 2010 está disponível em três versões, entre elas a SS, com motor V8 (Foto: Divulgação)

A Chevrolet apresentou nesta segunda-feira (21) em Detroit, nos Estados Unidos, o Camaro 2010. Com seis marchas, o esportivo será montado na fábrica de Oshawa, no Canadá. Com direção hidráulica, ele roda cerca de 11 km/l e deve começar a ser comercializado no mercado americano no primeiro trimestre de 2009.

Disponível nas versões LS e LT, o modelo vem com motor seis cilindros de 3.6 litros e 304 cavalos de potência. Já a versão SS é equipada com motor V8 de 406 cavalos.

Divulgação

Novo modelo da Chevrolet tem dianteira longa e traseira curta (Foto: Divulgação)

Por fora, rodas de 18, 19 e 20 polegadas e sistema de suspensão independente nas quatro rodas. Por dentro, iluminação em LEDs e, como item opcional, estofamento em couro com aquecimento.

Para aumentar a segurança dos ocupantes, o carro vem com seis airbags de série e um sistema que detecta a presença de crianças e de adultos de pequena estatura, evitando o acionamento quando necessário.

Divulgação

Sistema de airbag detecta a presença de crianças e de adultos de pequena estatura (Foto: Divulgação)

Divulgação

Painel com iluminação em LEDs exibe a temperatura e pressão do óleo e condição da bateria (Foto: Divulgação)

Deixe um comentário

Arquivado em Carro, Moto & Cia

Orkut volta a funcionar

Serviço voltou a ser acessado pouco depois das 2h desta terça (22).
Rede esteve instável desde a tarde de segunda-feira (21) e saiu do ar.

Reprodução

Página inicial do Orkut às 22h informava que site está fora do ar (Foto: Reprodução)

O site de relacionamentos Orkut voltou a funcionar na madrugada desta terça-feira (22), pouco depois das 2h. A assessoria do Google, proprietário do serviço, ainda não informou quais foram os problemas técnicos enfrentados e os motivos da pane.

O site saiu do ar nesta segunda-feira (21). Segundo informava a página inicial às 22h, o site estava “em manutenção temporária”.
De acordo com a assessoria do Google, tratava-se de uma manutenção para resolver problemas técnicos do site. A assessoria, no entanto, não informou a hora exata em que o site saiu do ar.

Nesta tarde, usuários tiveram dificuldades para acessar a rede. Alguns deles, ao se autenticar, eram redirecionados para um perfil diferente do inscrito. A empresa disse que não foi informada sobre o problema.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Jogador do Spartak Moscou recebe cartão amarelo por entrada em torcedor

Radoslav Kovac dá um pontapé no invasor. Árbitro vê atitude antidesportiva e adverte o jogador. Partida contra o Lokomotiv fica no 2 a 2

Reprodução/You Tube
Kovac acerta uma entrada no torcedor invasor

Pode parecer mentira, mas aconteceu no último sábado. Dono do mando de campo, o Lokomotiv recebia o Spartak, em um dos clássicos da cidade de Moscou. No segundo tempo, aos 28 minutos, um torcedor da equipe da casa invadiu o gramado sem camisa e atrapalhou o andamento da partida. O time visitante perdia o jogo por 2 a 1. Revoltado, o meia tcheco Radoslav Kovac, do Spartak, correu na direção do invasor e lhe aplicou uma violenta entrada, quase um carrinho. O árbitro interpretou o gesto como atitude antidesportiva e, para a surpresa dos presentes, aplicou um cartão amarelo no jogador.

Kovac não aceitou a advertência e ficou reclamando com o árbitro

Veja o vídeo:


Depois de receber a “entrada criminosa”, o torcedor, que não teve o nome divulgado pela polícia de Moscou, encostou em uma placa de publicidade à beira do gramado, sentindo dores nas pernas. Em seguida, se sentou perto da linha lateral e só levantou com a ajuda do atacante Roman Pavlyuchenko, do Spartak. O invasor foi retirado pela polícia.

Ah, o jogo, válido pelo Campeonato Russo, terminou 2 a 2.

Fonte: Globoesporte

Deixe um comentário

Arquivado em Esportes

Novo ‘Batman’ quebra recorde na pré-estréia

Filme arrecadou US$ 18,5 milhões nas sessões de pré-estréia à meia-noite.
Cifra superou de US$ 6,9 milhões, marcado em 2005 por “Star wars”.

Divulgação

Heath Ledger como o Coringa, em ”O cavaleiro das trevas”. (Foto: Divulgação)

O novo filme do Batman, “O cavaleiro das trevas”, arrecadou o valor recorde de US$ 18,5 milhões nas sessões de pré-estréia à meia-noite, antes de sua abertura oficial nesta sexta-feira (18), revelou a Media By Numbers, que faz a contagem de bilheterias.

Essa cifra abrange apenas os valores arrecadados nas sessões que começaram às 0h01 da sexta-feira em 3.040 cinemas da América do Norte – as sessões de 3h e 6h não foram contabilizadas.

A cifra quebra o recorde anterior de US$ 6,9 milhões, marcado em 2005 por “Star wars: Episódio III – a vingança dos Sith”.

A performance forte do filme nas sessões de pré-estréia reforçou as projeções de que “O cavaleiro das trevas” pode ter um fim de semana de abertura de US$ 100 milhões ou mais nos Estados Unidos e no Canadá.

As perspectivas do filme foram favorecidas pelas críticas em sua maioria positivas e pelo lançamento recorde feito nesta sexta (18) pela Warner Bros., pertencente à Time Warner Inc., em 4.366 cinemas americanos e canadenses.

“Batman – o cavaleiro das trevas” custou cerca de US$ 180 milhões para ser feito. Sequência de “Batman begins”, de 1995, que rendeu cerca de US$ 372 milhões em todo o mundo, “O cavaleiro das trevas” reúne novamente o diretor Chris Nolan e Christian Bale no papel de Batman.

E traz o falecido ator australiano Heath Ledger como o Coringa, o arquiinimigo de Batman, no papel que acabou sendo o último que Ledger concluiu na tela.

Apenas dez outros filmes até hoje conseguiram superar a marca dos US$ 100 milhões em seu primeiro fim de semana em cartaz na América do Norte, liderados por “Homem Aranha 3”, em 2007 (US$ 151 milhões) e “Piratas do Caribe – o baú da morte”, no ano anterior (US$ 135,6 milhões).

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento

Clubes Brasileiros fecham 2007 no vermelho

De 21 clubes analisados por empresa de auditoria, 15 terminaram o ano passado com mais gastos do que receita. Fluminense teve o maior déficit

Josué: um dos responsáveis pela receita do São Paulo, a maior entre os brasileiros

Os principais clubes brasileiros aumentaram suas receitas em 2007 em relação ao ano anterior. No entanto, não foi suficiente para que a maioria deles terminasse o ano passado no vermelho, ou seja, com mais gastos do que ganhos. O maior déficit é do Fluminense, que terminou 2007 com uma dívida de quase R$ 140 milhões (veja tabela abaixo).

O clube das Laranjeiras teve o segundo maior gasto entre os 21 clubes analisados pela empresa Casual Auditores Independentes (R$ 178 milhões), ficando atrás apenas do São Paulo (R$ 186 milhões). A diferença é que o Tricolor Paulista teve a maior receita do futebol brasileiro: R$ 190 milhões.

Outros clubes que fecharam o ano passado com déficit grande foram Flamengo, Santos, Atlético-MG, Palmeiras e Corinthians. Os seis clubes que tiveram uma receita maior do que os gastos foram São Paulo, Inter, Grêmio, Juventude, Atlético-PR e Barueri.

O FATURAMENTO DOS CLUBES EM 2007 (em R$ mil)
Receita Gastos Balanço
São Paulo 190.081 186.233 3.848
Internacional 155.881 136.953 18.928
Corinthians 134.627 157.891 -23.264
Grêmio 109.031 94.333 14.698
Flamengo 89.499 148.732 -59.233
Palmeiras 86.290 110.479 -24.189
Cruzeiro 77.650 80.500 -2.850
Juventude 62.147 51.572 10.575
Atlético-MG 58.326 85.909 -27.583
Atlético-PR 54.091 52.492 1.599
Santos 53.102 89.714 -36.612
Vasco 51.079 60.331 -9.252
Botafogo 41.160 44.893 -3.733
Fluminense 39.335 178.792 -139.457
Paraná 24.910 25.298 -388
São Caetano 23.252 23.467 -395
Barueri 21.004 18.995 2.009
Náutico 19.561 23.853 -4.292
Figueirense 18.981 19.467 -486
Coritiba 14.916 26.324 -11.408
Vitória 11.215 20.582 -9.367

Inter, que negociou Pato em 2007, foi o clube com a maior receita em venda de jogadores

No total, os 21 clubes brasileiros apresentaram uma receita de R$ 1,34 bilhão – 36% a mais do que em 2006. O aumento foi determinado sobretudo pela venda de jogadores, que representou R$ 450 milhões. O maior responsável por esse número foi o Inter (21%), seguido de São Paulo (17%), Corinthians (16%) e Grêmio (12%). Sócios e bilheteria também contribuíram para essa evolução. Por outro lado, a receita com patrocínio e publicidade diminuiu de 2006 para 2007.

Os três primeiros colocados no ranking de receitas mantiveram suas posições em relação ao ano anterior. O São Paulo foi o campeão nesse quesito pela segunda vez consecutiva, graças principalmente à venda de jogadores e às receitas obtidas com o Morumbi.

O Inter, no segundo lugar, também teve seus números impulsionados pela negociação de atletas. Os sócios colorados também contribuíram para a receita de quase R$ 156 milhões. Eles geraram R$ 20,1 milhões em 2007, o que representou 69% de aumento. O Corinthians manteve a terceira colocação também por causa da venda de jogadores (que representou um aumento de 249% em relação a 2006).

O grande salto na tabela foi dado pelo Grêmio, que deixou de ser o 11º e se tornou o quarto clube com maiores receitas em 2007. As razões para essa evolução foram negociação de atletas, bilheteria e sócios.

Situação financeira dos clubes

Considerando-se a situação financeira dos clubes até o fim de 2007, três cariocas estão entre os quatro clubes com as maiores dívidas. O Flamengo está no topo desse ranking, devendo mais de R$ 242 milhões. O Atlético-MG vem a seguir, com R$ 214 milhões de dívidas. O Botafogo tem R$ 209 milhões no negativo, enquanto o Fluminense tem R$ 164 milhões.

Apenas cinco clubes não estão no vermelho: São Paulo, Juventude, Atlético-PR, Santos e Barueri.

Atlético-PR 37.733
Juventude 9.700
Santos 7.421
São Paulo 5.138
Barueri 2.009
São Caetano -996
Figueirense -2.875
Cruzeiro -3.993
Paraná -4.964
Palmeiras -24.189
Coritiba -25.864
Vasco -31.956
Internacional -32.789
Náutico -34.839
Corinthians -62.481
Grêmio -78.961
Vitória -88.558
Fluminense -164.860
Botafogo -209.698
Atlético-MG -214.377
Flamengo -242.401
OBS: Em R$ mil

Fonte: Globoesporte.com

2 Comentários

Arquivado em Esportes

Rádio britânica elege ‘Billie Jean’ a melhor música dance

A música ‘Billie Jean’ de Michael Jackson foi votada a melhor canção dance de todos os tempos pelos ouvintes da Rádio 2 da BBC.
Billie Jean

Perfomance: Billie Jean

Escrita por Jackson e lançada no álbum “Thriller”, de 1982 – disco que é considerado a obra-prima do cantor – a faixa ganhou dois prêmios Grammy e ficou no topo das paradas em 1983.

A música de Donna Summer, “I feel love”, que chegou ao topo das paradas em 1977, ficou em segundo lugar na pesquisa.

Em terceiro lugar ficou a lenda do soul James Brown com a música “Get up (I feel like being a) sex machine”, de 1970.

Do quarto até o nono lugar, foram votadas músicas house e dance dos anos 80 e 90. Em décimo ficou “Key to my happiness”, do The Charades, de 1966.

Um grupo de especialistas em música, incluindo DJs, fez uma lista de 20 músicas que então foram votadas pelos ouvintes via internet. As músicas, datadas entre 1966 e 2001 foram selecionadas pelo “mérito musical e a importância na narrativa da música dance britânica”.

Para Zoe Ball, a DJ da Rádio 2 da BBC que apresentou o programa com as dez melhores músicas dance, a música Billie Jean mostra “Michael Jackson em sua melhor fase, (…) é simplesmente perfeita”.

Inconfundível

Quando foi lançado em 1982, “Thriller” reescreveu as regras do marketing da música pop, principalmente devido aos vídeos lançados, que usavam elementos cinematográficos pela primeira vez para divulgar uma música.

O vídeo da música “Thriller”, por exemplo, foi dirigido por John Landis, mostrou Jackson como um zumbi, dura 14 minutos e foi produzido com US$ 500 mil.

O álbum é apontado freqüentemente como o campeão de vendas de todos os tempos, com 65 milhões de cópias segundo o livro Guinness dos Recordes.

Sete das nove faixas de “Thriller” chegaram às paradas mundiais. Jackson surpreendeu o mundo quando apresentou a famosa dança Moonwalk, em um especial de televisão para a gravadora Motown, em 1983.

Já o início da própria “Billie Jean” é reconhecido instantaneamente devido às primeiras batidas na introdução. O vídeo também é um dos que marcaram a história da música pop.

O engenheiro de som Bruce Swedien afirmou que, na época da gravação, Jackson pediu que a música tivesse “a melhor personalidade sonora que você puder colocar em uma música – começando com a bateria”.

Fonte: G1

1 comentário

Arquivado em Música