50 Cent e gravadora são acusados de estimular violência e crime


50 Cent

O rapper 50 Cent e sua gravadora, Universal Music, estão sendo processados por James Rosemond, um garoto de 14 anos.

O jovem alega ter sido vítima de agressão por vestir uma camiseta com referência a um rival do cantor 50 Cent. James e sua mãe abriram o processo em Nova Iorque afirmando que a Universal e outras gravadoras estimulam um estilo de vida violento e criminoso.

No documento da ação consta que Rosemond sofreu um ataque quando usava uma camisa da Czar Entertainment (agência do rapper The Game, que já foi do grupo de 50, G-Unit, e hoje é seu concorrente). “Os membros da G-Unit encorajaram, sancionaram, aprovaram e permitiram que seus membros usassem a violência como forma de ameaça ou tomaram parte em ações violentas para fomentar seu próprio negócio”, informa o processo.

Os acusados preferiram não comentar a ação, de acordo com a agência Reuters.

Fonte:Cifraclub

1 comentário

Arquivado em Música

Uma resposta para “50 Cent e gravadora são acusados de estimular violência e crime

  1. évilin

    Esse homem pode tudo… Olha isso! Lindo – Perfeito e Malvado ai meu coraçãozinho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s