O fim da TV Digital?


Nova tecnologia promete definição 33 vezes maior que televisão digital

Rede britânica quer usar sistema para transmitir Olimpíadas de 2012.
Nos laboratórios japoneses, imagens são projetadas em tela de 10 metros de diâmetro.

Yoshikazu Tsuno/AFP

Yoshikazu Tsuno/AFP
Modelos exibem televisão de alta definição ‘comum’ em Tóquio: nova tecnologia promete resultados 33 vezes superiores. (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

Mal as televisões de alta definição chegaram ao mercado e os cientistas já estão trabalhando em um possível sistema sucessor. De acordo com reportagem publicada nesta terça-feira (11) pelo jornal inglês “The Guardian”, engenheiros japoneses estão trabalhando em conjunto com a rede britânica BBC em uma nova tecnologia com definição 33 vezes maior do que os melhores televisores de alta definição existentes hoje.

A BBC planeja usar tecnologia, chamada de Hiper Definição, para transmitir as provas da Olimpíada de 2012 – que serão disputados na capital, Londres – em telões espalhados pelas cidades inglesas.

Já a rede de televisão pública japonesa NHK espera começar a exibir programas experimentais em sete anos, com as transmissões para todo o público sendo abertas em 2025.

Super Home Theater

No momento, a Hiper Definição existe apenas nos laboratórios da NHK em Tóquio, onde ela é projetada em uma tela com 10 metros de diâmetro por 5,5 metros de altura. O conjunto é complementado por 22 auto-falantes com capacidade de reproduzir com exatidão o som de uma orquestra sinfônica. O conjunto não caberia em nenhuma sala de estar, mas os técnicos esperam reduzir seu tamanho conforme o avanço nas pesquisas.

De acordo com o “The Guardian”, o sistema ainda enfrenta dificuldades técnicas: apenas 20 minutos de filmes podem ser gravados de uma só vez, e os frames (pequenos trechos) de cada gravação têm que ser editados individualmente. Após cada semana de trabalho intenso, os técnicos japoneses só acumulam material para uma hora de programação em Hiper Definição.

Visão lunar

Hiroyuki Ohira é o comandante da equipe de pesquisadores, a mesma que nos anos 1990 inventou as primeiras telas de plasma com alta definição. “Nós tentamos desenvolver essa tecnologia para que ambas as redes possam realizar seus programas, bastante ambiciosos”, diz ele.

A BBC e a NHK freqüentemente colaboram na produção de programas, como o recente documentário “Planet Earth”, que foi inteiramente filmado em alta definição e introduziu uma série de novas técnicas.

Em novembro do ano passado, a NHK colocou uma de suas câmeras de alta definição a bordo de uma sonda de exploração da Agência Espacial Japonesa. O resultado foi um filme mostrando um “nascer da Terra”, visto a partir da órbita lunar com grau inédito de definição.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s