Multiuso e criatividade marcam o futuro dos eletrônicos no Japão


Paraíso da tecnologia aposta em portáteis para revolucionar comunicação.
Invenções mais inovadoras não têm previsão de lançamento no Ocidente.

RENATO BUENO Do G1, em São Paulo

Divulgação
Despertador em formato de bomba-relógio obriga usuário a ‘desarmá-lo’ (Foto: Divulgação)

Não é preciso ser visionário para perceber que o futuro da tecnologia começa no Japão – país de gigantes como Toyota, Mitsubishi, Sony e Nintendo. É de lá que vêm grande parte das novidades tecnológicas que, se não ditam os rumos no Ocidente, ao menos surpreendem nossas expectativas com idéias inusitadas.

Para comemorar os 100 anos da presença japonesa no Brasil, o G1 selecionou uma lista de aparelhos eletrônicos que indicam as novas tendências no Japão. Seja um GPS com suporte a Bluetooth ou uma caixa-preta para carros Honda, é bom ficar de olho nas idéias que surgem do outro lado do mundo.

Celulares de luxo
Divulgação

Celular com bateria líquida deve ser lançado no Japão em 2008 (Foto: Divulgação)

Parece protótipo, mas a fabricante NEC promete que a linha de celulares transparentes chega ao mercado ainda em 2008. O telefone celular tem tela sensível ao toque, como o iPhone, e um corpo transparente que vai permitir ao usuário enxergar a bateria (líquida) e perceber quando o fluido estiver acabando. Ainda não há informações sobre preço ou lançamento do produto no Ocidente.

Já o Viera P950iTV, da Panasonic, é exclusivo para mercado japonês, e ainda não tem preço definido. O celular tem tela LCD de 3.5 polegadas com resolução de 854×480 pixels. Ele roda vídeos a 30 fps (quadros por segundo) e também tem saída de áudio e para TV, além de uma câmera fotográfica de 2 mega pixels. Segundo o fabricante, a bateria suporta 230 minutos de conversa ou 160 minutos de vídeo. O celular, como a maioria dos aparelhos do Japão, funciona no padrão 3G – tecnologia que só agora começa a se desenvolver no Brasil.

Reinventando o mouse

O sucesso do Nintendo Wii, videogame com mais de 20 milhões de unidades vendidas no mundo, é um sinal de que os controles intuitivos são o próximo passo na evolução da tecnologia.

Divulgação

Usuário rotaciona o mouse Jupiter para acionar comandos na tela do computador (Foto: Divulgação)

É com essa idéia de controles simplificados que o mouse Jupiter foi desenvolvido. Feito de madeira, ele reconhece os movimentos do usuário no espaço 3D: basta girar o acessório na direção desejada para movimentar o cursor do mouse. Um acelerômetro faz com que movimentos mais bruscos do mouse resultem em maior velocidade da seta na tela. O Jupiter também reproduz todas as outras funções de um mouse comum, como aplicar zoom e arrastar telas.

Divulgação

Imagem ‘explica’ o funcionamento do mouse-aspirador de pó (Foto: Divulgação)

Mas propostas nem tão ambiciosas também resultam em produtos interessantes. O USB Vacuum Mouse aproveita os movimentos do periférico durante o uso do computador para “varrer” as sujeiras da mesa. Sem grandes manobras de design, o mouse tem resolução de 800 dpi e um “aspirador de pó” embutido, que armazena os detritos em um depósito interno.

Tudo no bolso
Divulgação

Bateria do novo Gigabeat promete 16 horas de MP3 ou cinco de vídeo (Foto: Divulgação)

Nem só de iPods vive o mundo da música digital. A Toshiba é responsável por um dos tocadores mais populares por lá – o Gigabeat, que ganhou nova versão em fevereiro, com o codinome T802. A bateria promete 16 horas de MP3 ou cinco horas de vídeo – são 8 GB de memória interna, além de conexão wireless para transferência de arquivo.

Como é de praxe, a exuberância também marca presença. Os fones de ouvido Bi-Ledear (US$ 28) estão disponíveis em três cores e fazem mais que “reproduzir música”. Quando ligados a um tocador multimídia, os fones emitem luzes no ritmo da música escolhida pelo usuário.

Enquanto no Brasil a TV digital em aparelhos móveis ainda começa a dar sinais de vida, no Japão ela já está em pleno funcionamento. A XDV-D500 (US$ 360), da linha Bravia da Sony, tem tela de 3 polegadas e memória interna de 2 GB para gravar até 10 horas de programação. A mini-TV tem resolução de 432×240 pixels, rádio AM/FM e deve chegar ao mercado japonês em abril.

Pé na estrada
Reprodução

Reprodução
Drive Recorder monitora informações do automóvel durante viagens (Foto: Reprodução)

No Japão, o dono de um carro da marca Honda pode não voar, mas tem como instalar uma “caixa preta” em seu veículo para registrar as informações de viagem. O aparelho grava imagens, sons e informações como velocidade e aceleração – tudo captado na estrada, em tempo real. Os dados podem ser levados a um PC para que o motorista avalie seu desempenho e, segundo as expectativas da Honda, aumente a segurança no trânsito.

No Brasil os navegadores GPS estão se popularizando nas grandes cidades, mas no Japão eles serão, em breve, tão fundamentais quanto o motor do carro. Os novos modelos da linha Nav-U, da Sony, têm monitoramento em tempo real do fluxo de carros e um sistema de atalhos que reconhece movimentos simples na tela – um “V” invertido, desenhado com a mão, muda a rota para a casa do motorista. Os novos GPS também oferecem suporte a Bluetooth para facilitar os telefonemas. O motorista configura um telefone celular e passa a fazer ligações através do GPS utilizando apenas commandos de voz.

De outro mundo
Divulgação

Tela de LCD mostra imagem de lareira, enquanto armação funciona como aquecedor (Foto: Divulgação)

Mas o Japão também é conhecido por inventos pouco convencionais – alguns que se adaptam às peculiaridades do país, outros que se transformam em sonho de consumo de fanáticos por tecnologia.

No primeiro grupo se encaixa a Real Fireplace Illuminational Heater, uma tela LCD que simula os efeitos (físicos e visuais) de uma lareira. Como os invernos rigorosos do Japão costumam ser um problema quando não se tem um apartamento grande, a lareira virtual pode ser a solução. Enquanto a tela LCD exibe imagens de uma lareira tradicional, a armação do aparelho funciona como aquecedor.

Já a categoria “despertadores” encontra solo fértil no Japão. Como o país tem jornadas de trabalho rigorosas, é de extrema importância não perder o horário. Dois dos alarmes não convencionais japoneses ilustram essa situação com bom humor. O Hand Grenade, produzido pela Toyo (US$ 49), tem formato de granada. Quando o alarme dispara, o usuário precisa arremessar o artefato para longe se quiser que ele pare de tocar. Já o DangerBomb Clock (US$ 59), da Banpresto, é mais sutil. Ele simula uma bomba relógio e exige que o recém-acordado desarme os fios corretos para desligar a sirene.

Mas o que seria do Japão sem os robôs? Afinal, lá eles já são parte da família. A modesta boneca Primopuel (US$ 149), da Bandai, é mais um brinquedo interativo do que um robô. Ela movimenta os braços, repete frases e até canta – tudo, claro, em japonês.

Reprodução

Luzes e articulações simulam emoções do robô Mio Pup (Foto: Reprodução)

Já o Mio Pup é um cachorro robô desenvolvido pela divisão de brinquedos da Sega. Equipado com luzes e peças articuladas (como rabo e orelha), o cachorro responde a gestos e simula emoções como tristeza e alegria. Ao ser tocado na cabeça, por exemplo, ele reproduz sons e tenta imitar um animal de verdade.

Com tanta coisa interessante fica difícil escolher um destaque, e com esses lançamentos fica cada vez mais impossível prever aonde a criatividade humana vai parar…

2 Comentários

Arquivado em Tecnologia

2 Respostas para “Multiuso e criatividade marcam o futuro dos eletrônicos no Japão

  1. celular com bateria liquida ?
    muito foofoo e muito chique (:

  2. Bacana o Blog!

    Achei legal o celular com bateria liquida e o mouse-espirador-de-pó! =D

    Abrçs! T+ …

    http://tourobravo.blogspot.com/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s